Bons exemplos resultam em ações ambientais positivas no bairro da Pedra Branca, em Socorro

Plantar florestas é uma ação realizada já há muitos anos pela Associação Ambientalista Copaíba. E isso só é possível graças às parcerias realizadas junto aos proprietários de terra interessados em recuperar as matas em suas propriedades – um trabalho que pode levar anos para ver os resultados, mas que vale muito a pena. Além de contribuir para a conservação da natureza, os bons resultados inspiram novas pessoas a fazerem parte desse importante movimento: proteger nossa água.

Um exemplo disso foi a iniciativa de Antonio Donizete Carvelato, conhecido como Tonhão, que procurou a Copaíba, há alguns anos, para ajuda-lo na recuperação de sua nascente, pois a água estava secando. Pouco mais de 1000 mudas foram plantadas, em 2014, no entorno da nascente. Anos mais tarde sua nascente voltou, e hoje a água se mantém e alimenta um córrego afluente do rio Camanducaia. Tonhão, orgulhoso da parceria com a Copaíba e também da sua iniciativa, hoje se tornou um disseminador dessa ideia.

Foi aí que Roberto Domingues de Lima (Sabiá), proprietário de uma área rural no bairro da Pedra Branca, também preocupado em proteger sua nascente, seguiu o exemplo do amigo e vizinho. Além de incentivar a recuperação florestal da área, Tonhão participou ativamente do plantio de seu amigo. Para Roberto, essa ação além de envolver as pessoas contribui para ampliar as florestas do bairro. “Isso é importante, inclusive para a conscientização do produtor quanto ao cuidado que ele deve ter com seu ‘ganha pão’, com os nossos bens mais preciosos que é a terra, a água e o ar. Com o uso consciente de todos, não faltará para ninguém”, comenta Roberto otimista com seu projeto.

Para a Copaíba, quanto mais proprietários participantes, maior se torna essa corrente. “A ideia é exatamente essa: a sensibilização das pessoas envolvidas e a importância da restauração florestal sendo compreendida e disseminada pelos próprios participantes. Aos poucos, ano após ano, temos feito um trabalho importantíssimo para a região e, além disso, contando com a ajuda e a confiança de novos plantadores de florestas”, comenta Mayra Tavares, coordenadora da restauração florestal da Copaíba.

O Verde Novo, projeto executado pela Copaíba, com o patrocínio da Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, tem como objetivo conservar e restaurar a Mata Atlântica das bacias dos rios do Peixe e Camanducaia, localizadas entre o Sul de Minas Gerais e leste do Estado de São Paulo. Os proprietários de terra interessados em receber esse apoio podem entrar em contato pelo telefone: 19 9 9953-8382 ou por email: verdenovo@copaiba.br.

Compartilhar

Comentários