Curso de saneamento ecológico é realizado na Copaíba

A Copaíba foi sede do Curso de Capacitação em Saneamento Ecológico com Vermifiltro e Círculo de Bananeiras, organizado pelo o Cisbra, ministrado por Guilherme Castagna, sócio da empresa Fluxus.

O curso foi voltado para lideranças dos municípios integrantes do Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico da Região do Circuito das Águas –  Cisbra, com objetivo de multiplicarem conhecimento em suas localidades sobre o sistema ecológico e ampliar o acesso ao saneamento básico dos municípios.

Esta é uma solução simples, viável e de baixo custo para o saneamento, utilizando uma alternativa mais integrada ao meio ambiente, que traz benefício para a comunidade, em questões de saúde, prevenção de doenças, preservação e uso equilibrado do meio ambiente.

Estiveram presentes representantes dos municípios de Águas de Lindóia, Lindóia, Amparo, Pedra Bela, Pinhalzinho, Monte Alegre do Sul, Serra Negra, Tuiuti, Morungaba e Socorro.

O sistema é composto de tanque séptico, o primeiro ambiente que recebe águas pretas (provenientes do vaso sanitário) e águas cinzas (provenientes das pias, tanques e chuveiros).

O Vermifiltro, que consiste filtragem da água com a utilização de um meio suporte rico em carbono (serragem ou folhas secas), apoiado por três camadas de brita, e a utilização de minhocas californianas (exóticas) ou a espécie nativa conhecida popularmente como minhoca puladeira, para digerir e transformar as fezes em húmus.   A função das minhocas entra para o processo de compostagem, que é o processo biológico aeróbico (que acontece com a presença de oxigênio) que ocorre com ajuda dos microrganismos e, transforma matéria orgânica, como resto de alimento, podas e fezes em uma substancia rica em nutrientes e extremamente fértil: o adubo orgânico.

O processo é finalizado no Círculo de Bananeiras, um sistema simples e eficiente para tratamento das águas cinzas. Parte da água é absorvida pelo solo e tratada por microrganismos e parte absorvida pelas raízes das bananeiras, que evapo-transpiram entre 15 a 80 litros de água diários conforme o local e clima.

Saiba como fazer no Guia Prático Manejo da Água

Compartilhar

Comentários