Mais 150.000 mudas serão plantadas na região

Copaíba assume nova meta de restauração florestal, através do projeto Verde Novo

Um novo contrato de patrocínio foi assinado recentemente entre a Copaíba e a Petrobras. Nessa nova fase do projeto Verde Novo está prevista a restauração de quase 100 hectares de áreas (1 milhão de m2). O principal objetivo do Verde Novo é contribuir para a restauração e conservação da Mata Atlântica das bacias dos rios do Peixe e Camanducaia.

A proposta é formar parcerias com os proprietários de terra da região, unindo forçar e compartilhando custos para a recuperação de novas florestas.

O cadastramento para os proprietários interessados já está aberto. O cadastro é feito na Copaíba e na sequência, uma visita é agendada na propriedade, pela equipe técnica da instituição, para a elaboração do projeto de restauração florestal. Além da doação do projeto técnico, os proprietários parceiros recebem gratuitamente as mudas e os insumos para auxiliar o plantio. A equipe acompanha e orienta todo o processo, junto com os proprietários parceiros, desde o preparo do solo, plantio das mudas e manutenção das áreas.

Através do Verde Novo, a Copaíba já apoiou a restauração de mais de 175 hectares de novas florestas. “O Verde Novo é um projeto de extrema importância ecológica para nossa região. É por meio dele que temos avançado na conservação ambiental e impactado positivamente as bacias hidrográficas em que atuamos. Mais de 270 mil mudas já foram plantadas”, comenta Flávia Balderi, coordenadora do projeto.

Para a coordenadora do projeto, o patrocínio da Petrobras veio num excelente momento. “É hora de alavancarmos a restauração florestal por aqui. Precisamos de ações massivas e rápidas para revertemos a situação de degradação da nossa região. Principalmente depois de tantas queimadas que ocorreram nessa última estiagem”, lamenta a coordenadora.

Os proprietários de terra que tiverem interesse em receber o apoio para a restauração florestal de suas propriedades podem entrar em contato conosco: por aqui

Compartilhar

Comentários