Monitoramento das mudas de hoje garante a formação da floresta de amanhã

Plantar mudas de árvores para formação de florestas não é uma tarefa fácil. A Copaíba, com quase 20 anos de experiência nessa área, tem propriedade de para dizer isso. É um trabalho lento e oneroso. Ainda assim, além de plantar é necessário cuidar e monitorar essas mudas, mesmo depois de muitos meses.

Para acompanhar de perto o desenvolvimento das mudas plantadas no campo, a equipe da Copaíba faz o monitoramento e a avaliação das áreas plantadas. É partir daí que é possível analisar o andamento do processo de restauração florestal, se está tendo sucesso, se as mudas precisam de mais cuidados, e outras ações que podem ser feitas para acelerar a formação da floresta.

O monitoramento é contínuo, já a manutenção precisa ser feita, pelo menos nos dois primeiros anos depois do plantio das mudas. Logo após o plantio das mudas, os primeiros cuidados são a adubação, o controle de formigas cortadeiras, e o coroamento das mudas para eliminação do capim.

Diversas propriedades rurais parcerias da Copaíba estão recebendo as visitas técnicas com esse intuito, de acompanhamento e assessoria após o plantio. Cada propriedade recebe, em média, uma visita a cada seis meses, até completar dois anos do plantio.

Recentemente mais dez propriedades receberam a visita da equipe técnica da Copaíba, nos municípios de Socorro/SP. Estas propriedades vistoriadas, juntas, somam o plantio de mais de 20 mil mudas nativas. O monitoramento realizado apontou um bom desenvolvimento das mudas. Isso significa que essas áreas estão retomando sua função ecológica e em breve se tornarão florestas, contribuindo para a conservação da água, do solo, da fauna e da flora.

O Verde Novo

O Verde Novo é um projeto executado pela Copaíba, patrocinado pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental e está contribuindo para a restauração de mais de 265 hectares (2.650.000 m²) de matas nativas.

Para participar do Verde Novo, clique aqui.

Compartilhar

Comentários