Transformando área de pastagem em floresta

Proprietário abriu mão de área de pastagem para o plantio de árvores nativas

 Luciano Zanesco tornou-se parceiro do Projeto Verde Novo patrocinado pela Petrobras por meio do programa Petrobras Socioambiental executado pela Associação Ambientalista Copaíba há 9 anos. Da terceira geração da família, o proprietário que nasceu e cresceu no Bairro dos Nogueiras, Município de Socorro, afirma que a propriedade sempre teve uma grande área de pastagem. Juntamente com o irmão Luis buscou o apoio do projeto para restaurar a propriedade. “Onde foram plantadas as árvores não havia vegetação, era caminho para o gado e no período de seca a água da nascente, que temos na propriedade, diminuía muito”, comenta Luciano.

Em uma área com mais de 14.000m², foram plantadas 2.500 mudas de árvores nativas da Mata Atlântica doadas pelo projeto e o apoio técnico gratuito.  Hoje o produtor café colhe os benefícios da restauração florestal: “Foi muito bom! Tanto para a melhora da água, quanto para os animais. Agora vemos mais bichos, aumentou o número de passarinhos, também já vimos Quatis em meio a mata. O dono de terra às vezes não quer perder uma área de pastagem com medo de ser prejudicado, eu acho que não! Ele não vai perder, vai ganhar. Cuidando da nascente terá água ainda melhor para dar ao gado”.

O sobrinho de Luciano, Pedro de 17 anos, também conta às mudanças que notou na propriedade após a restauração e a importância de conservar as florestas: “Estamos vendo as mudanças climáticas acontecendo, preservar a natureza é importante não só por cuidar é importante para as próximas gerações, para manter a qualidade de vida, para manter viva a espécie humana”.

Conheça mais sobre essa e outras histórias do Verde Novo através da série de vídeos lançada pela Copaíba nas redes sociais (facebook, instagram e youtube), procure por aacopaíba. Acesse também o site do projeto: www.copaiba.org.br/verdenovo/.

Compartilhar

Comentários