Vamos apagar as luzes!

A  Copaíba,  afiliada  da  REDE  DE  ONGs DA MATA ATLÂNTIVA (RMA), apoia essa iniciativa.

A REDE DE ONGS DA MATA ATLÂNTICA adere oficialmente ao movimento Hora do Planeta, maior ato simbólico  mundial por soluções para enfrentar os desafios impostos pelas mudanças climáticas. Em 2016, a Hora do Planeta acontece no sábado 19 de março,  quando  milhares  de pessoas,  cidades e empresas, do mundo todo, apagam as  suas luzes por 60 minutos, entre 20h30 e 21h30.

Saiba mais e participe também:

www.wwf.org.br/participe/horadoplaneta/

“A  campanha  já  é  uma  referência  mundial  e esperamos que não dure apenas aquela uma hora em que se apagam as luzes, mas que se mantenha viva o ano todo. Que a consciência que ela propicia seja  transformada  em  práticas para  o dia-a-dia das  pessoas”,  afirma  a  diretora  executiva  da Fundação SOS Mata Atlântica, Márcia Hirota.

Para tanto a RMA, através de suas quase 300 afiliadas,  incentivará  a usar seus  canais de comunicação, como divulgação no portal, canais de mídias sociais, newsletter e outros veículos.

“A Hora do Planeta é um movimento de todos”, ressalta o Superintendente de Políticas Públicas e Relações Externas do WWF-Brasil, Henrique Lian.

A Hora do Planeta 2016 marca o oitavo ano da campanha no Brasil – e o décimo no mundo, desde sua criação, em Sidney (Austráilia), em 2007. A cada edição, alguns dos mais conhecidos monumentos mundiais – como as pirâmides do Egito; a Torre Eiffel, em Paris; e a Acrópole de Atenas – ficam no escuro durante sessenta minutos, como um alerta para os problemas enfrentados em decorrência das mudanças climáticas.

No Brasil, ao longo desses oito anos, também já foram apagados o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro; a Ponte Estaiada, em São Paulo; a Esplanada dos Ministérios e o Congresso Nacional, em Brasília; e a Igreja São Francisco de Assis (Igrejinha da Pampulha), em Belo Horizonte – num total de mais de 600 ícones brasileiros que já ficaram no escuro.

Sobre a Hora do Planeta

A Hora do Planeta, conhecida globalmente como Earth Hour, é uma iniciativa global da Rede WWF para enfrentar as mudanças climáticas. Desde sua primeira edição, em março de 2007, a Hora do Planeta não para de crescer. O que começou como evento isolado, em uma única cidade, Sidney, na Austrália, tornou-se uma ação global, envolvendo um bilhão de pessoas em mais de 7 mil cidades de 162 países e territórios.

Compartilhar

Comentários