WWF e International Paper dos Estados Unidos visitam áreas em processo de restauração de projeto executado em parceria com a Copaíba

A Copaíba vem executando desde Dezembro de 2019 o projeto Raízes do Mogi Guaçu, que tem como objetivo restaurar as nascentes e cursos d’água de áreas prioritárias que abastecem o Rio Mogi Guaçu. O projeto piloto está sendo executado pela Copaíba nos municípios de Socorro e Águas de Lindóia através da parceria com o WWF e International Paper.

Para conhecer de perto a execução do projeto nos dias 3 e 4 de março, representantes dos parceiros do projeto vieram dos Estados Unidos e acompanharam as atividades de restauração durante dois dias. Entre as atividades realizaram o plantio de 300 mudas, puderam ver as mudas em processo de desenvolvimento nas áreas já restauradas e uma dessas áreas foi da proprietária Ellen, onde 1.700 mudas foram plantadas.

Ellen está animada com o projeto e confiante dos bons resultados para sua propriedade e o Rio Mogi Guaçu. “É uma grande satisfação participar do projeto! E pensar que estamos dando nossa pequena parcela de contribuição para preservação das nascentes que abastecem o Rio Mogi Guaçu. Entendo que a preservação dos recursos naturais em nossa propriedade é nosso dever. Sou muito grata a Copaíba e parceiros, pois estão me ajudando a cumpri-lo. Foi um prazer imenso receber aqui no sítio os parceiros do projeto e sentir que estamos todos conectados pelo mesmo objetivo que é a preservação da vida no planeta”.

Akiva Fishman, membro da Equipe Florestal do WWF EUA, também comentou da importância da parceria entre a Copaíba e proprietários de terra. “Parcerias locais e um bom engajamento com proprietários rurais é crucial para termos condições de aprender e dar escala para a restauração de florestas tropicais no mundo todo. Nesse contexto, a Copaíba é um parceiro importante do Raízes do Mogi Guaçu”

Amelia Meadows, que também faz parte da equipe do WWF EUA ressaltou a importância de acompanhar o desenvolvimento dessas áreas “O que mais impressionou foi o comprometimento de toda a equipe e a forte conexão com os proprietários. O profissionalismo com que a equipe trabalha mapeando as áreas, a execução e monitoramento faz com que haja uma confirmação e o sucesso da restauração”.

O projeto executado pela Copaíba irá plantar o total 13, 5 hectares. Até hoje foram plantadas 11,3. Quer saber mais sobre o projeto? Acompanhe nossas redes sociais: Associação Ambientalista Copaíba.

Compartilhar

Comentários